Problemas de metabolismo?

Conheça os 4 principais problemas que atingem a tireoide!

29/07/2019
104

A tireoide é uma glândula localizada na região do pescoço que possui uma função muito importante nos processos metabólicos do corpo humano.

Por isso, é fundamental que você saiba quais são os principais males que podem afetar o funcionamento dessa glândula, e como eles podem comprometer toda a sua saúde.

  • Hipotireoidismo

    Hipotireoidismo é uma doença caracterizada pela queda da produção de hormônios na tireoide. Comumente associado ao ganho de peso e dificuldade de perder os quilos extras, o hipotireoidismo interfere diretamente no funcionamento do organismo, desde diminuição dos batimentos cardíacos, até anemias, problemas com o sono e muitas outras coisas.

    O diagnóstico é realizado com o apalpamento da glândula e, principalmente, com exame de sangue. O tratamento é a reposição sintética do hormônio T4, geralmente por toda a vida.

  • Hipertireoidismo

    Ao contrário do hipotireoidismo citado acima, o hipertireoidismo representa a produção excessiva dos hormônios na tireoide, causando aceleração do metabolismo. Se não tratada, essa condição pode desencadear outras doenças mais graves.

    Alguns sintomas são: sensação de calor, perda de peso, batimentos cardíacos acelerados, cansaço e outros. Assim como no hipotireoidismo, o diagnóstico também pode ser realizado com exames de sangue. As formas de tratamento vão desde medicação até cirurgias.

  • Nódulos e Bócios

    O bócio é o surgimento de uma espécie de nódulo na tireoide, que costuma ser apresentado com um inchaço na região do pescoço.

    Fora o inchaço, outros sintomas são: dificuldades para engolir, tosses, sensação de falta de ar e desconforto na região. Esses nódulos podem ser causados por doenças na tireoide, uso de medicação, infecções e até mesmo um tumor na tireoide.

    Os tratamentos são indicados pelo especialista de acordo com a causa do surgimento.

  • Câncer

    O câncer de tireoide é a mais grave doença que pode atingir essa glândula do corpo humano. É considerado o tipo de câncer mais comum na região da garganta e cabeça.

    Para o diagnóstico, é necessário fazer um exame com especialista. É importante ressaltar que casos na família tanto da doença como de nódulos na região são fatores de risco, e exigem atendimento com o Endocrinologista frequentemente.

Veja mais postagens!