Como manter a alimentação saudável nas férias escolares?

Confira truques para manter os bons hábitos alimentares das crianças!

20/12/2019
577
Como manter a alimentação saudável nas férias escolares?

O período de férias escolares é para as crianças curtirem os bons momentos em família, brincarem e relaxarem, certo? Nada mais que merecido. Mas relaxar na alimentação não deve fazer parte desse pacote, afinal, nada melhor que aproveitar as férias com saúde!

Com a quebra na rotina para as crianças, é provável que os horários de alimentação e de sono fiquem mais irregulares. E em meio às brincadeiras e passeios, guloseimas como fast-foods e doces industrializados ficam mais presentes do que nunca. O problema é que esses alimentos têm um alto teor de sódio, gordura e açúcar, elementos que não fornecem nutrientes suficientes nem repõem as energias gastas.

Durante este período, é importante manter os bons hábitos alimentares das crianças com um cardápio variado e nutritivo, que contenha todos os grupos alimentares capazes de repor as energias gastas. E para isso, existem alguns truques que você pode adaptar e seguir em casa. Confira:

- Ofereça muito líquido para hidratar as crianças durante o dia. Use e abuse de água, sucos naturais e água de coco. Evite refrigerantes e refrescos em pó;

- Invista em lanches como vitaminas de leite com frutas, iogurtes, sucos, sanduiches de pão integral, bolos à base de frutas e gelatina. Estipule um intervalo de três a quatro horas entre as refeições;

- Use e abuse da criatividade para enfeitar os pratos das crianças! Reorganize os horários das refeições de acordo com as atividades a serem desenvolvidas durante o dia;

- Caso acorde mais tarde, não faça do almoço a primeira refeição da criança: ela precisa comer algo leve antes (frutas ou suco natural) e depois seguir o fracionamento adequado 3 a 4 horas;

- Saiba escolher o que se deve ou não comer no café da manhã, principalmente em hotéis. Evite croissants, bolos recheados, biscoitos, queijos amarelos e frios embutidos (presunto, mortadela, copa). Prefira frutas, pães integrais, queijos brancos (ricota ou cottage) e uma geleia de frutas;

- Inclua alimentos ricos em vitamina C que reforçam a imunidade e protegem contra gripes e resfriados;

- No dia em que a programação inclui passeios longos, o almoço sempre fica para mais tarde. Então, leve um lanchinho na bolsa para enganar a fome. Pode ser fruta, suco natural de caixinha ou barra de cereal;

- Tenha sempre um "kit emergencial" para a fome: frutas, barra de cereal, biscoitos ou bolos simples embalados individualmente, entre outros;

Por fim, o ideal é tentar não sair da rotina e manter os horários do café da manhã, almoço, lanche e jantar. Os doces, desde que com moderação, podem ser liberados. Porém, vale ressaltar que os pais devem ficar de olho nos exageros.

Viu como é possível manter a boa alimentação das crianças durante as férias? Com um pouco de determinação, planejamento e criatividade, é possível usar o tempo disponível dessa época do ano para preservar a saúde das crianças sem muitos esforços!

Veja mais postagens!