Alergias respiratórias no inverno?

Confira 6 dicas que podem te ajudar a evitar problemas respiratórios com o tempo seco.

05/08/2019
1006

Temperaturas baixas, clima seco e a baixa umidade relativa do ar, tudo isso pode causar ou agravar diversos problemas respiratórios, como gripe, rinite, sinusite, bronquite, asma e outros.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, as alergias atingem, em média, 30% da população mundial e são essas pessoas que mais sentem os males dessa época do ano. Isso acontece porque, com a queda da temperatura, as pessoas se concentram mais em locais fechados, facilitando a propagação de vírus, bactérias e diversos poluentes no ar.

Pensando em amenizar os sintomas de quem sofre com estes problemas respiratórios, fizemos uma lista de 6 cuidados especiais que vão contribuir para que estas doenças não se agravem.

  • Lave bem as mãos

    Manter as mãos higienizadas, principalmente antes e depois de se alimentar, após espirrar ou tossir e depois de usar o banheiro, auxilia na prevenção da propagação de vírus, como o da gripe, por exemplo.

  • Mantenha uma alimentação balanceada e rica em alimentos naturais

    Consumir frutas e verduras que contenham vitamina C como laranja, limão, couve, rúcula e outros ajuda na manutenção da imunidade, deixando-o mais resistente às doenças.

  • Durma bem

    Ter uma boa noite de sono é essencial para manter a saúde em dia. Dormir menos de 6 horas por noite favorece a queda da imunidade e desfavorece os processos de regeneração e desinflamação do corpo.

  • Pratique atividades físicas

    A prática de exercícios físicos regularmente libera hormônios essenciais para a regeneração das fibras musculares, além de auxiliar no sistema imunológico e contribuir para que o corpo procure se manter hidratado.

  • Use um umidificador de ar

    Em climas secos as vias aéreas ficam desidratadas e, consequentemente, pode ficar irritadas, favorecendo o aumento de casos de sinusite, por exemplo. Para manter as vias aéreas hidratadas e combater essa irritação, é recomendável o uso de um umidificador de ar no ambiente.

  • Beba água

    Recomenda-se a ingestão de muito líquido para facilitar a expectoração e evitar irritações na pele e mucosas, causadas pela diminuição da umidade relativa do ar.*

O médico deverá ser procurado em caso de aparecimento de sintomas. Desta forma, o diagnóstico será feito corretamente e que o melhor tratamento poderá ser indicado. Evite sempre a automedicação.


*Fonte: Ministério da Saúde

Veja mais postagens!